Setor Social

Particularidades das doações por major donors

Por 28 de agosto de 2018 Sem comentários

Quando se fala em doadores e investidores para o Terceiro Setor, uma importante parcela se resume aos denominados major donors, ou seja, pequenas e grandes empresas, que, por possuírem um maior porte, podem colaborar com mais recursos para causas ou organizações que outros tipos de doadores do Setor Social. Dessa forma, os major donors merecem especial atenção, dado que a captação de recursos por meio deles apresenta algumas particularidades em relação a outros tipos de captação do setor.

Em primeiro lugar, é importante atentar que essas grandes e médias empresas se encaixam no grupo de possíveis doadores como “apoiadores da causa”. Assim, resta claro que o major donor, por se enquadrar nesse espectro, apoiará ou deixará de apoiar determinada causa em virtude da sua afinidade com ela, não fazendo sentido, portanto, organizações procurarem empresas que nada tem de proximidade com aquilo que fazem.

Em segundo lugar, é preciso levar em conta as distintas formas por meio das quais as organizações do Terceiro Setor podem se aproximar e buscar os major donors. A primeira delas é por meio de legado, quando uma pessoa física, após falecer, deixa uma quantia de bens e recursos destinados a alguma causa ou organização. É por meio de legados, por exemplo, que são criadas algumas fundações. A segunda delas recebe o nome de matchfund, ou doação em dobro; nesse esquema, o grande ou médio doador dobra qualquer valor conseguido por meio de outras doações pela organização, tendo como benefício, pois, o incentivo à organização na busca de outros e diferentes doadores. A terceira se dá por meio de investimentos que as empresas podem fazer em organizações. Além dessas, a organização pode tentar buscar parceiros por meio de vínculos e contatos que possua ou que seus gestores possuam, ou, até mesmo, somente através de uma campanha capital, isto é, um esforço breve e intenso em uma única campanha que necessite uma quantia significativa de recursos para uma finalidade específica.