Setor Social

Fidelização com minor donors

Por 15 de abril de 2018 Sem comentários

Muitas organizações têm como uma das principais formas de captar recursos as doações feitas por minor donors (doadores de quantias baixas). Com isso, é preciso que estas contribuições sejam estáveis, uma vez que as ONGs dependem totalmente delas para se manterem. Assim, um grande desafio é a fidelização desses doadores, ou seja, fazer com que estes não sejam somente contribuintes eventuais, mas que façam contribuições regulares. Além, claro, de fazer com que divulguem a causa atraindo novos doadores e aumentem as quantias doadas.

É extremamente importante que a organização mantenha uma relação transparente com os doadores, divulgando constantemente as quantias captadas e o destino deste dinheiro. Também é essencial que os doadores sejam frequentemente recordados de não só sua importância para o desenvolvimento da ONG, mas sobretudo, do impacto social que as contribuições estão causando. Existem diversas formas para se fidelizar os doadores. E todas baseiam-se em fazer com que estes se sintam verdadeiramente parte da organização. Para isso, os contribuintes devem estar sempre informados sobre as decisões tomadas pela  gestão da ONG, dos demonstrativos financeiros, e dos projetos que estão sendo realizados. Também, o processo de doação deve ser o menos burocrático possível, pois assim os doadores se sentem mais confortáveis para doar, pois terão a possibilidade de parar com as contribuições com mais facilidade, se precisarem.

Além disso, a organização pode demonstrar reconhecimento aos seus doadores destinando mensagens reconhecendo suas importâncias, elaborando eventos periódicos de agradecimento, efetuando convites para participarem de projetos como voluntários e até enviando lembranças, como camisetas e chaveiros.

É essencial para a fidelização de minor donors que estes se identifiquem com a causa da ONG, para que sejam motivados a doar por se inconformar com o problema pelo qual a organização luta. Portanto, a relação da ONG com seus minor donors deve ser baseada na transparência no reconhecimento, lembrando de salientar o impacto das doações na sociedade.