Setor Social

Como criar uma Cultura de Engajamento de Captação em Organizações do Terceiro Setor

Por 8 de abril de 2020 Sem comentários

Organizações que atuam no terceiro setor da economia muitas vezes encontram
dificuldades na captação de recursos para executar seus projetos, seja pela descrença na
efetividade delas ou pelo histórico desse setor de ter um caráter assistencialista e muitos
vezes, não valorizado pela sociedade civil. No entanto, apesar de tais circunstâncias, a
captação de recursos é fundamental para viabilização de uma organização sem fins lucrativos
dado que é a partir desta que a sustentabilidade organizacional e saúde financeira da
organização se concretiza. Ademais, vale destacar que para tal, existem técnicas que podem
ser utilizadas para alcance de bons resultados. Por isso, a seguir serão apresentadas maneiras
de criar uma cultura de engajamento de captação em uma organização.

Primeiramente, a fim de criar uma cultura de engajamento em uma empresa, isto é,
uma cultura que vá prezar pela motivação de seus voluntários e funcionários é importante
prezar por uma boa cultura organizacional, ou seja, uma cultura onde os funcionários têm
bem claro os valores e costumes da empresa, de modo a se identificarem com aquilo que
fazem e se manterem dispostos e disponíveis para cumprimento de metas. Fato este que
contribui para maiores chances de impacto para com o público trabalhado pela organização.
Sendo assim, visando aprimorar a cultura organizacional, é importante primeiro ter a missão,
visão e valores da organização bem definidos e presentes no cotidiano de todos os
funcionários de modo que os mesmos saibam o propósito e os benefícios de estarem
trabalhando no local. Ademais, a fim de implementar essa cultura no cotidiano dos
contribuintes, a promoção de reuniões e palestras para os funcionários são importantes para
que os mesmos vejam sentido no que está ocorrendo e possam se sentir parte da empresa.
Mesmo porque, é a partir da retomada desta cultura que, mais fácil se torna a implementação
de estratégias que sejam não só condizentes com a organização mas também, voltadas para
Captação de Recursos.

A exemplo de metodologias empregadas para melhor Captação de Recursos, vale
ressaltar técnicas a serem empregadas no marketing da organização. Na busca por mais
doadores, é importante ser enfatizada a importância da causa em pauta e ainda, que se tente
reverter a imagem de assistencialismo para uma de cumplicidade comunitária. O que pode ser
feito mostrando que a causa trabalhada pela organização também pode ser responsabilidade
da sociedade em geral, de modo que o papel do cidadão seja como um membro ativo da
sociedade, que contribua para a melhora de problemas vigentes. Ademais, traçando um
paralelo com o modelo de funcionamento do terceiro setor no Brasil vale destacar que as
estratégias utilizadas pelas organizações sem fins lucrativos são diversas e moldáveis de
acordo com a realidade da organização. Por isso, a necessidade de uma atuação ativa dos
gestores e ainda, da troca entre estes últimos, para maior compreensão acerca da melhor
estratégia a ser utilizada para captar.

Por fim, bem como explicitado anteriormente, é fato que com uma boa cultura
organizacional, a importância e efetividade da captação de recursos é destacada. Sendo assim,
apesar das dificuldades encontradas no terceiro setor relacionadas à captação de recursos, é
importante elencar que mecanismos como um bom marketing digital pode ajudar bastante a
organização, pois, atualmente – dado o cenário tecnológico em que vivemos, as redes sociais
são um ótimo meio de captação de futuros investidores.

Comentários